Out

WebCams, o Mundo inteiro a vê-lo sem o seu conhecimento

A segurança informática, ou a falta dela, é um problema que se tem vindo a verificar mais comum do que se pensava. Todos os dias são descobertas novas falhas de segurança e, se a maior parte não tem consequências imediatas ou são facilmente corrigidas pelas empresas que desenvolvem o software ou hardware, existem outras que são mais graves ou já existem mas não são do conhecimento público, pelo que não serão corrigidas a curto prazo.

Enquanto que a maior parte diz respeito a possível perda de conteúdos, financeira ou outra similar, existem situações potencialmente preocupantes e que dizem respeito à sua imagem. E aqui referimo-nos literalmente à sua imagem.

Diariamente tem uma webcam, ou mais, apontadas directamente a si. Tomando como exemplo um computador portátil, decerto acredita que não existe problema  visto que apenas se tiver a indicação visual (uma luz acesa) de que está a funcionar é que, bom, ela está a funcionar. E apenas irá transmitir a sua imagem se estiver a usar um software para tal. Contudo tal não é necessariamente verdade. Existem diversas formas, algumas já públicas, de activar a sua webcam sem que a luz acenda ou que tenha conhecimento de que está activa. Ou seja, é possível que esteja a ser espiado neste momento sem que o saiba.

 

Aterrador, não?

 

Não se trata de ficção ou paranóia da segurança, existem casos descritos e diversas pessoas com conhecimentos técnicos que se preocupam e tapam as suas webcams. A título de exemplo, Mark Zuckerberg tapa a sua webcam – https://www.theguardian.com/ , bem como James Comey, antigo director do FBI.

As maneiras mais simples de se proteger deste problema passam por manter o sistema operativo actualizado, manter um antivírus actualizado, não abrir ficheiros que não se conhece a proveniência, não colocar pens desconhecidas no computador, não permitir que terceiros usem o computador sem o nosso conhecimento… e de repente deixou de ser tão simples assim.

Existe uma maneira adicional, low tech, que resolve este problema – tapar fisicamente a webcam e destapar apenas quando tiver a certeza que quer mesmo ser visto. Há quem recorra a um post-it, por exemplo, mas na WebHS achámos que seria conveniente fornecer uma maneira um pouco mais avançada de o fazer.

 

 

Nos eventos em que nos encontramos estamos a oferecer (sim, oferecer) estas capas para portáteis / monitores. Assim como nos preocupamos com a segurança dos conteúdos que nos confia, queremos também tentar ajudar a que não tenha qualquer problema no mundo físico.